Boa Vista - Roraima | 99115-5266 - (95) 99115-5266

Socorro Guerra desiste de disputar reeleição à prefeitura de Caracaraí

Categoria: Caracaraí | 30.07.2020

Socorro Guerra desiste de disputar reeleição à prefeitura de Caracaraí

A prefeita de Caracaraí Socorro Guerra desistiu de se candidatar à reeleição na “Cidade Porto” no pleito deste ano. Este é um dos assuntos mais comentados no município. A informação foi confirmada à reportagem na tarde desta quinta-feira (30 de julho) pela própria gestora, que alegou questões de ordem particulares e familiares. 

“Já está definido. Eu decidi não me candidatar à reeleição”, afirmou Socorro Guerra, por telefone. No município, os comentários apontam que os motivos estariam relacionados também aos números desfavoráveis das pesquisas locais em relação à sua administração. Outro motivo seria a falta de apoio à sua gestão, o que trouxe sérias dificuldades para uma tentativa de reeleição.

Política experiente, Socorro Guerra não pretende, no entanto, ficar totalmente de fora da disputa deste ano. Ela afirmou que vai indicar como seu pré-candidato o secretário de Finanças, Diego Farias, para concorrer com os demais nomes que já se lançaram para a corrida eleitoral. “Nós estamos lançando Diego Farias para que ela possa disputar com todo mundo que está aí. Vamos ver no que é que vai dar”, disse.

O município de Caracaraí promete ter uma disputa pela prefeitura bastante acirrada este ano, com vários pré-candidatos já postos para apreciação da população. Mas, se os números não são favoráveis para Socorro Guerra, também não o são para Diane Coelho, esposa do deputado estadual Odilon Filho, confirmada pelo Solidariedade como pré-candidata ao cargo de prefeita. Pesquisas para consumo interno feitas no município mostram Diane com a maior rejeição entre os pré-candidatos que se apresentaram até agora.

De sua parte, a atual gestora teria a seu favor o fato de que está com a máquina administrativa nas mãos e teria mais argumentos para tentar convencer os eleitores. No entanto, ultimamente Socorro Guerra tem se queixado da falta de recursos e de apoio político, o que faz com que ela enfrente dificuldades diversas para administrar a cidade. A pandemia de Covid-19 trouxe dificuldades adicionais para a sua gestão.

Há cerca de dois meses, quando procurada pela reportagem para falar sobre os primeiros comentários sobre sua até então suposta desistência de candidatura à reeleição, Socorro Guerra negou e disse que tudo não passava de intriga da oposição. Agora, ele admitiu, em definitivo, que vai ficar de fora da disputa eleitoral de 2020.

Por Luiz Valério

Deixe seu Comentário